Alfabeto russo: comece a ler em russo ainda hoje

Além dos cursos de inglês, também oferecemos cursos de outras línguas, entre os quais o russo. Se está interessado nesta língua, o primeiro passo para aprendê-la é conhecer o alfabeto russo. Por isso, vamos mostrar-lhe, de forma rápida e simples, como “descodificar” textos.

Introdução

Quando olhamos pela primeira vez para um texto em cirílico, é um facto que não compreendemos nada. À primeira vista, o alfabeto russo, que é uma variante do alfabeto cirílico usada na língua russa, é bastante diferente do nosso: o alfabeto latino. Porém, as diferenças não são assim tão grandes como parecem.

Resumindo, podemos dividir os caracteres cirílicos em 3 tipos relativamente aos nossos:

– Os que se escrevem e pronunciam da mesma maneira
– Aqueles que se escrevem da mesma maneira mas pronunciam-se de forma diferente
– Os que se escrevem de forma diferente

Letras e sons iguais

Existem cinco caracteres já conhece. Eles são: А, К, М, О e Т.
Brincando um pouco, se todas as seguintes palavras existissem, poderíamos encontrá-las tanto num livro em português como num livro em russo. Além de isto, teriam sons muito parecidos, com pequenas variações devidas às diferenças nas regras de pronunciação:

А МАКАКА АМА А МОТА.
КОМА А КАРТА.

As três “frases” acima estão escritas no alfabeto russo, mas qualquer lusófono conseguiria ler.

Letras iguais e sons diferentes

De todo o alfabeto russo, por incrível que pareça, estas são as letras mais difíceis de assimilar. O motivo é o facto de estas letras serem iguais às nossas, mas terem sons diferentes. Ei-las:

В, Е, Н, Р, С, У, Х

E agora entre parêntesis o equivalente no nosso alfabeto:

В (v), Е (ie), Н (n), Р (r, como em barato), С (s), У (u), Х (r, como em rato)

Agora vamos brincar um pouco com as letras que já conhecemos. Desta vez só vamos usar palavras que existem (não são inventadas).

Em russo

вера
нет
утра
Ростов
муха

Som equivalente em português

viera
niet
utra
Rostov
murra

Letras diferentes

Como já dissemos, normalmente estes caracteres não são os mais difíceis de assimilar, porque por serem tão diferentes, não geram tanta confusão. Vejamos:

Em russo

Б
Г
Д
Ё
Ж
З
И
Й
Л
П
Ф
Ц
Ч
Ш
Щ
Ы
Э
Ю
Я

Som equivalente em português

B
G (em “gato”)
D

J
Z
I (em “figo”)
I (em “vai”)
L (em “lua”)
P
F
ts (“tsunami”)
tch (“tchau”)
X (em “xadrez”)
X “suavizado”
E (em “devido”)
E (em “prédio”)

Uma boa notícia

Saiba que para um português é relativamente fácil reduzir o sotaque. Isto porque os sons do russo são idênticos aos sons do português de Portugal. Diríamos que, nesta perspetiva, a língua russa é um pouco como a portuguesa, mas sem os sons nasais (como “mãe”, “não”, “têm”).

Não é por acaso que, em geral, os nativos de russo assimilam a nossa pronúncia tão bem tão bem. Também é curioso que os estrangeiros quando ouvem a língua portuguesa pela primeira vez, frequentemente dizem que parece a língua russa.

Por exemplo, quando um italiano ou um francês falam na língua russa, os russos conseguem rapidamente identificar a nacionalidade da pessoa. Contrariamente, quando um português fala em russo, eles não conseguem adivinhar.

O “sinal brando” e o “sinal duro”

Existem ainda duas letra no alfabeto russo que apenas servem para “suavizar” ou “endurecer” o som de outra letra:

sinal brando: Ь
sinal duro: Ъ

O sinal brando é colocado antes de Е, Ё, И, Ю e Я para “suavizar” a consoante:

варенье, чутьё, семьи, вьюга, статья

Antes de O: бульон, медальон, синьор (para estrangeirismos)

E sem vogal: течь, конь, мыть, кровать

O sinal duro é escrito antes de Е, Ё, Ю e Я para “endurecer” a consoante:

объект, объём, адъютант, изъян

A sílaba tónica

As palavras têm um sílaba que se pronúncia mais fortemente: a sílaba tónica. Também na língua russa, há regras de pronunciação, ainda que mais simples do que em português. Não vamos aprofundar este tema aqui, mas podemos dizer que existem três diferenças principais.

A primeira é que não há acentos gráficos, como ´, `, ~ ou ^, o que faz com que a pessoa tenha de saber qual é a sílaba tónica.

A segunda é a localização da sílaba tónica. Em português, exceto se há um acento gráfico ou terminação em -L, -R, -Z, -I ou ditongo, normalmente a sílaba tónica é a penúltima. Porém, em russo frequentemente a sílaba tónica é a primeira. Por esta razão, temos a tendência de pronunciar “бабушка” como “babúsca” em vez de “bábusca” e eles de pronunciar “navio” como “návio”.

Em último, podem também haver variações nos fonemas consoante a localização da sílaba tónica. Por exemplo, na palavra “casa” o primeiro e o segundo “A” têm “sons” (fonemas) diferentes. Em russo, isto acontece sobretudo com a letra “О”. Por isso “спасибо” pronúncia-se “spáciba” e não “spacibô”.

Vamos tentar

Agora tente ler este texto. Vai demorar algum tempo, mas acreditamos que vai conseguir. Tente analisar letra por letra e depois leia a palavra. Faça isto para cada palavra e depois leia a frase. Boa sorte!

Привет! Как дела? Меня зовут Данил. Хочешь учить русский? Тогда иди в нашу школу.

Final

Esperamos que este artigo o tenha motivado para iniciar a sua jornada.
O objetivo não é dar a visão completa, mas sim a essencial. Desta forma, pretendemos apenas desmistificar um tema que “assusta” aqueles que querem começar.
До встречи!

Deixe um comentário